Select Sidearea

Populate the sidearea with useful widgets. It’s simple to add images, categories, latest post, social media icon links, tag clouds, and more.

Telefone: (84) 3222-4697.  |  Email: contato@gsd.med.br

Nossa História

A história da Patologia no RN se inicia quando Dr. Getulio se muda para Natal com o objetivo de assumir a Cadeira de Anatomia e Fisiologia Patológicas da Faculdade de Medicina do Estado, em 1961. Já com a cátedra em plena atividade, começa a fazer exames anatomopatológicos para o Hospital das Clínicas, a Maternidade Escola e o Hospital do Câncer. 

Chegamos a 1967. Até aí, somente em casos especiais, poucos cirurgiões solicitavam exames anatomopatológicos que eram encaminhados para Recife ou para o Rio de Janeiro. Então, Dr. Getulio monta um pequeno laboratório, o primeiro do RN no setor privado, o Laboratório de Patologia Clínica e Cirúrgica de Natal. O valor da Patologia era tão desconhecido que, no seu primeiro ano, são realizados apenas 47 exames. Entretanto, o funcionamento da Cátedra e a conscientização dos novos médicos, que voltavam de centros maiores após cursos de especialização, dá ensejo a uma demanda que foi sempre crescente.

Em 1967 o Laboratório é instalado em sede própria, no Hospital Médico Cirúrgico, com uma produção em torno de 1.000 exames por ano. Em 1968, inicia-se o serviço de exame transoperatório (congelação).

Em 1974 e em 1985, respectivamente, o Dr. Carlos Cesar Formiga Ramos e o Dr. Alexandre de Oliveira Sales associam-se ao Laboratório e lhe dão novo impulso, incluindo a implantação do serviço de imuno-histoquímica.

Em 1982, pioneiramente no Brasil, começa a era da informatização do Laboratório, com um microcomputador Prológica modelo CP-500 e uma impressora Elebra modelo Mônica. 

Em 1985, em mais um ato pioneiro no RN, comandado por Dr. Alexandre Sales, inicia-se o serviço de biópsia por punção aspirativa com agulha fina – PAAF – o que, até aquela data, só se fazia em centros maiores. 

O Laboratório ganha nova sede, à Av. Afonso Pena, onde permanece com equipamentos modernos em todos os setores e 100% informatizado. Ganha também um novo nome: Laboratório Médico de Patologia que,  após a morte de Dr. Getulio, em sua homenagem, passou a Laboratório Médico de Patologia Dr. Getulio de Oliveira Sales.

Hoje, com 52 anos de atividades ininterruptas, o laboratório conta com um quadro de 8 patologistas, está implantando o serviço de Patologia Molecular, descortinando novas perspectivas para a patologia, sempre com o objetivo de oferecer um atendimento humanizado e praticando Medicina Diagnóstica com padrão state of the art. Momento marcado também por sua nova identificação que passa a ser GETULIO SALES DIAGNÓSTICOS – GSD.

× Como posso te ajudar?